Ansiedade| Como acontece

By Abby - 02:30

Velejar~

A minha ansiedade pode ocorrer em vários sítios e em várias ocasiões, predominantemente num sítio com muita gente ou com muito barulho, ou apenas numa ocasião em que eu me sinta desconfortável. 
Decidi que para vos explicar como é que ela ocorre em mim, devia contar como acontece quando eu estou na sala de aula, porque até costuma ser o sítio mais frequente.

Eu passo a maioria dos intervalos bem. No máximo dá-me uma sensação menos boa mas algo que passa muito rápida. É uma zona e uma hora em que eu estou distraída, ora estou na fila do bar a falar com o R', ou sentada no meio do meu grupo de amigos. Mas quando entro na sala de aula, naqueles momentos em que ninguém está a fazer nada ou simplesmente estamos a espera de fazer um exercício, o meu cérebro decide que está na hora de ter uma conversa comigo. Quando começo a ficar ansiosa eu só posso olhar para a frente, porque se começar a olhar à minha volta eu fico com uma sensação de que toda a sala está inclinada e que eu estou a cair ou para o lado, ou para a frente! Quando isso me acontece eu costumo fazer coisas que a maioria das pessoas nem nota, e para eles aquilo é só uma aula e para mim torna-se num curso de sobrevivência. Costumo fechar os olhos com muita força e por em prática exercícios de respiração. Ao fazer isto ativo o sistema nervoso parassimpático e estes sintomas vão simplesmente embora.
As luzes é algo que também me incomoda muito, mas depende imenso. Se for um dia de muita chuva em que esteja escuro lá fora, ligarem as luzes da frente e de trás é muito mau para mim. Eu sou muito sensível à luz nessas ocasiões e as vezes começo a pensar que me vou sentir mal e quando olho para a frente estou a ver tudo muito claro e penso logo que vou desmaiar o que me leva a entrar em pânico. Graças a deus que agora os professores são uns amores e dizem que não tem mal ter a luz de trás apagada e fico só uma luzinha, o que me ajuda imenso.
Por mim, aquilo que tem sido o meu maior obstáculo quando a ansiedade decide aparecer para dar Oi, é eu sentir que a minha cadeira está a ficar alta. Eu sei, é estranho. Eu estou sentada normal e fico com um desconforto enorme a sentir que estou a ficar mais alta que os outros e que a minha cadeira é diferente. Quando isso acontece é muito difícil controlar, porque mesmo que me mexa ou troque de posição continua a acontecer o mesmo. Então, o que eu tenho tentado fazer é fazer pressão contra as pernas da cadeira com as minhas pernas porque assim eu vou estar focada em fazer pressão e não na forma como a cadeira está ou deixa de estar.

Todos estes sintomas são da minha cabeça e acontecem porque o meu cérebro entra em pânico sem razão nenhuma. São muito estranho e para quem está a ler isto deve achar que eu tomo drogas das pesadas, mas não, é apenas ansiedade.´
Tenho tido isto menos frequentemente, e depende das aulas. Em Psicologia é uma aula em que me sinto desconfortável (eu nem sei bem porquê) então os sintomas são mais frequentes. Já em História, eu sinto-me tão à vontade com a minha professora que nunca me acontece nada disto.

Bem eu acho que já chega, já prolonguei imenso o post! Foi só para vocês verem um pouco como funciona a minha ansiedade em locais como a escola.

Posted by Abby

  • Share:

You Might Also Like

14 comentários

  1. Woow, nunca tive crises de ansiedade nem nada que se pareça e o teu relato fez com que percebesse melhor :) x

    E. ♥ Meet me for Breakfast

    ResponderEliminar
  2. Já tive crises de ansiedade e ainda hoje convivo com isso. A primeira ocorreu- me em casa e estava sozinha. Foi realmente assustador de tal forma que nos primeiros tempos não conseguua estar sozinha e se estava entrava em pânico. Sei o que é sentir isso. As minhas crises geralmente tem a forma de transpirar muito e ter a sensação do chão estar às ondas ou a sensação de andar num barco num dia de muito mau tempo. Sei o que é isso... e é bom ver que não estou sozinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É realmente bom ver também que não estou sozinha, mas agora já andas melhor?

      Eliminar
  3. A sensação de estares bem e de repente tudo isso mudar deve ser mesmo angustiante, mas parece-me que encontraste bons exercícios para te ajudar nesses momentos.
    Nunca tive crise de ansiedade, mas acho que abordares este tema é bastante útil!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bastante mas agora que estou a conseguir controlar as coisas são melhores! Comecei a abordar este tipo de tema exatamente para tentar ajudar quem passe pelo mesmo!

      Eliminar
  4. Por vezes também tenho crises de ansiedade e nesses momentos ninguém pode falar comigo, tenho que olhar para a frente e também lembrar-me de respirar, muitas vezes também me ajuda fazer movimentos repetidos com as mãos para tentar distrair.. Eu não gosto muito que me toquem, ou seja, espaço pessoal e não gosto de sítios com muita gente e barulho e por isso tento evitar, visto que pode desencadear as minhas crises...

    https://mundodablue.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não gosto nada de locais que tenham muita gente e barulho e sempre que posso tento evita-los. Eu irei fazer posts sobre maneiras controlar ansiedade em vários sítios!

      Eliminar
  5. Também sofro imenso com ansiedade, todos os dias batalho contra ela. E o pior foi na altura do secundário, onde entrei em depressão, já falei disso várias vezes no blog... Se precisares de alguém para falar, estou aqui. E falo a sério, porque muitas vezes é-nos mais fácil falar com alguém desconhecido, que nos perceba. E acredita que te percebo, linda! É tão difícil viver com ansiedade... A ansiedade não pode ser mais forte que nós <3
    Beijinhos,
    Blog An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook
    Youtube

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou surpreendida com o número de pessoas na blogosfera que também sofrem com ansiedade! Espero que agora estejas numa fase melhor e desejo-te tudo de bom! Irei falar mais disto no blog!
      Beijinhos

      Eliminar
  6. A minha irmã também sofre de ansiedade ora está tranquila como de repente tudo muda é tão angustiante.
    http://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendo-a bem, é realmente muito dificil!

      Eliminar
  7. Uau nunca tinha lido um post sobre a ansiedade e em certas partes identifiquei-me com algumas coisas e nem sabia! Ainda bem que fizeste este post, acredito que será muito útil. Se precisares de alguma coisa podes contar comigo (:

    Beijinhos,
    BLOG DEZASSETE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Igualmente para ti e muito obrigada! É uma coisa que acho que é bom falar daí a nova rubrica!
      Beijinhos

      Eliminar