As emoções

By Unknown - 06:37

style εικόνα

Numa das variadas aulas produtivas de Psicologia começamos a falar sobre as emoções, o que são e como é que as coisas mudaram em relação a demonstra-las. 
A aula decorreu normalmente, o professor a falar e nós a ouvir e a aprender hahah 
Falamos da diferença entre anos 40/50 e atualmente, em que demonstramos as nossas emoções com a maior naturalidade de sempre enquanto que antes tínhamos que as esconder por questão de ficar bem na sociedade.
Mas aquilo que me marcou nesta aula foi o momento em que o stor pediu para pegar-mos nos nossos telemóveis e enviar uma mensagem a uma pessoa que amassemos e dizer-mos o quanto gostamos dela. Todos achamos a ideia ótima, pegamos no telemóvel e mandamos as mensagens às nossas mães, pais, namorados ou mesmo amigos. Ora, aquilo que me impressionou foi, as respostas! As respostas que demonstraram o quão pouco nós dizemos que amamos as pessoas. Até foi engraçado um dizer à mãe que a amava e ela perguntar ''O que é que me vais pedir?''. 
Nós demonstra-mos tão pouco os nossos sentimentos, nós dizemos tão pouco que amamos os nossos pais que quando o fazemos, eles acham estranho, pensam que queremos qualquer coisa. Porque é que fazemos isso? Talvez porque achamos que eles já sabem isso, portanto ficamos naquela ideia de que não é necessário dizer-lhes isso, o que é meio errado porque é sempre bom dizermos às pessoas que gostamos aquilo que nos vai na alma, demonstrar-mos os nossos sentimentos.
Então, tal como o meu professor nos desafiou, eu desafio-vos a escreverem para uma pessoa que amem, os vossos pais, mães, namorados, alguém! Peguem no telemóvel e digam que os amam! 

Posted by Abby

  • Share:

You Might Also Like

6 comentários

  1. Por acaso tenho esse "costume/hábito" de dizer às minha pessoas o quanto gosto delas, e ao inicio as suas caras eram de "WTf?", porém como se tornou um habito sentido e sincero, também ouço alguma resposta da outra pessoa.

    ResponderEliminar
  2. Por vezes esquecemos muito de dizer às pessoas aquilo que significam para nós e acho que essas reações também se devem a isso. Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Parece-me que tiveste uma aula bastante produtiva e é sempre giro esse tipo de aulas porque são essas as aulas em que nós reflectimos e conseguimos perceber o quão às vezes falhamos em não sermos tão carinhosos com as pessoas que estão ao nosso lado.

    ResponderEliminar
  4. Honestamente, acho que o problema é mesmo esse, acharmos que as pessoas sabem o que sentimos. E até podem saber, mas não podemos cair no erro de deixarmos de dizer o quanto as amamos. Porque as nossas emoções, os nossos sentimentos, precisam de ser ditos verbalmente. As pessoas que nos são importantes também precisam de nos ouvir dizer isso.

    ResponderEliminar
  5. Por acaso é um habito que nao tenho muito...

    ResponderEliminar
  6. Olá, conforme a idade vai avançando as emoções vão mudando, deixamos de nos emocionar com alguma coisas e começamos a emocionar com mais facilidade com outras, os gestos carinhosos diariamente com a(s) pessoa(s) que amamos, é mais forte e muito mais significativo do que dizer amo-te, são os gestos e as atitudes que melhor dão a compreender o amor que se sente.
    AG

    ResponderEliminar